google-site-verification: google434d3c9a17942fe6.html
 
Buscar

Turismo de isolamento e destinos de natureza estão em alta

Atualizado: 22 de fev.

Viajantes têm aproveitado para conciliar natureza, isolamento e pequenas distâncias que podem ser feitas de carro



Pousadas são alternativas para viajantes que procuram turismo de isolamento


O turismo é um dos setores mais afetados desde o início das restrições impostas para conter o avanço da covid-19 em todo o mundo. Por outro lado, práticas já existentes como o turismo doméstico e de isolamento foram intensificadas. Viajantes têm aproveitado para conciliar natureza, isolamento e pequenas distâncias percorridas de carro. Assim, é possível recarregar as baterias sem descuidar da saúde e segurança.


De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT), o turismo doméstico ou local, se define por residentes visitando o próprio país. Já o turismo de isolamento propõe que o turista tenha uma experiência em que fique isolado o máximo possível de outras pessoas. E tudo isso, de preferência em lugar afastado do agito das grandes cidades e em meio à natureza.


Segundo a pesquisa 'O novo viajante', realizada pela Interamerican e FecomercioSP, que analisa o comportamento dos turistas latino-americanos, 15% dos brasileiros se sentem seguros para viajar novamente no segundo semestre de 2021. A maioria está atenta a lugares que tenham política de segurança sanitária, saúde e higienização. Ainda de acordo com a análise, mais de 50% dos brasileiros desejam viajar para dentro do país, além de buscarem por locais que não sejam muito cheios.


É o caso de Carla Rossetto, 33 anos, enfermeira e Leandro Rossini, 35 anos, profissional de tecnologia, que decidiram comemorar o aniversário de casamento no interior de São Paulo, na cidade de Piedade. "Queríamos um lugar que fosse mais reservado, não tão longe de São Paulo e que também não fosse muito caro. Algo diferente, com uma piscina dentro do próprio chalé, com privacidade e conforto para passarmos esses dias", comenta Carla.


Carla Rossetto e Leandro Rossini celebraram o aniversário de casamento em local mais reservado e em meio à natureza / Arquivo Pessoal


A necessidade de reabastecer os hormônios do bem-estar e a conexão com a natureza fazem com que aproveitar os destinos nacionais e principalmente do interior, sejam práticas cada vez mais presentes.


De acordo com a 2ª edição da Revista Dados e Informações do Turismo sobre os impactos da pandemia de Covid-19 nos setores de Turismo e Cultura do Brasil, do Ministério do Turismo, as mudanças ocorridas durante o período, beneficiam diretamente o turismo local e impulsiona destinos menos comuns e mais vazios, o que diversifica os destinos turísticos.


 

Isolamento e clima europeu


Localizada nos Altos da Serra de Paranapiacaba, no interior paulista, a cidade de Piedade é opção para quem procura ar puro e clima de montanha, além do encontro com a natureza, as cachoeiras, represas, trechos de Mata Atlântica e chalés e pousadas que oferecem o retiro oportuno para viajantes que querem gastar pouco e mesmo assim curtir um clima parecido com o de Campos do Jordão (SP) ou Monte Verde (MG).


O casal Isabella Palhares e Flávio Lyra decidiu unir tranquilidade, descanso e isolamento em estadia no chalé pool


O casal de médicos, Isabella Palhares, 32 anos e Flávio Lyra, 31 anos, resolveram quebrar um pouco a rotina movimentada da capital e descansar em uma pousada em Piedade. "A ideia de vir aqui surgiu porque fugia do tradicional, como outras cidades mais badaladas que teriam mais aglomeração e aqui é o oposto", diz Isabella.


Para eles, o primordial era a busca por uma viagem que unisse tranquilidade, descanso e isolamento, o que segundo eles foi possível, já que a estadia escolhida permite pouco contato com outras pessoas.



Quem não gostaria de um refúgio na natureza, não é mesmo!?

131 visualizações0 comentário